Um dos resultados da era digital é a web 2.0, que se baseia na intensa troca de informações e na criação de conteúdos pelos usuários, os quais contribuem para o desenvolvimento das plataformas comunicacionais, como o Wikipedia.

Essa constante interação proporcionada pela internet abriu espaço para um novo conceito: o marketing digital. Quando bem trabalhado nas redes sociais, ele pode trazer retornos significativos.

 

Abaixo, confira cinco dicas básicas sobre como o Facebook é capaz de ajudar você e o seu negócio:

Público-alvo e estratégia inicial

Antes de utilizar o Facebook como plataforma de marketing, defina o seu público-alvo. Saiba com quem e para quem você está falando. Entenda as necessidades e conheça o padrão de assuntos relevantes para esses usuários. Defina estratégias capazes de fazer com que os seus próprios seguidores sejam responsáveis por “viralizar” a sua marca, curtindo, comentando e compartilhando conteúdos.

Conteúdo

O público-alvo também é essencial nesse tópico. Antes de tudo, as postagens devem estar de acordo com a linguagem falada pelos seguidores da fanpage. Como se trata de uma rede social, a informalidade pode ser explorada, mas sem exageros. Outro ponto é a linha editorial. Produza conteúdos próprios, pois lembre-se: plágio é crime! Os posts devem conter imagens que despertem a atenção do público, e podem ser criativos e humorísticos e fazer referência a assuntos atuais. Explore, além das imagens, links de direcionamento para o seu site oficial, vídeos institucionais e textos objetivos.

Periodicidade

Não deixe que sua fanpage se torne um grande spam: pelo contrário, a ideia do marketing no Facebook é “viralizar”. Para isso, mantenha uma média de posts diários que esteja de acordo com a sua estratégia – mas lembre-se: postar pouco pode fazer com que sua marca seja esquecida. O Facebook oferece a opção de agendamento de publicações. Assim, é possível e recomendável que se faça uma programação de assuntos, datas e horários.

Diálogo

Redes sociais são plataformas de comunicação. Assim, responda questionamentos enviados via inbox ou na aba de comentários, curta os elogios e aceite as críticas. As informações na internet são instantâneas e, por isso, estabeleça o diálogo com agilidade. Não espere o problema se agravar; resolva-o de imediato.

Monitoramento

O próprio Facebook disponibiliza aos administradores de fanpages ferramentas capazes de mensurar alguns dados, como postagens orgânicas e pagas com picos de visualização, número de curtir e “descurtir” da página em determinado período e o alcance de usuários. Além disso, existem algumas ferramentas pagas externas ao Facebook. Um exemplo é o Scup, que realiza triagens em toda a rede e armazena conversas em que o nome do seu negócio é citado. Ele facilita a resolução de possíveis problemas envolvendo a sua marca e também auxilia na produção de relatórios e na definição de estratégias futuras.

Leave a Reply